9 de mai de 2009

Receitinha de Avó

Ontem eu cismei que era aniversário da minha avó.. liguei pra minha mãe, pra minha irmã pra elas confirmarem a data, mas não consegui falar com nenhuma delas! E pra não dar bola fora resolvi ligar pra ela!
"- Vóóó, é hoje seu aniversário?
- Não, filhinha, hoje seria o aniversário do seu avô, o meu é só em Julho!"

Ando super, hiper, mega saudosista, tenho chorado as pitangas de saudades da minha família o que já até me rendeu algumas "bronquinhas"! E foi muito bom falar com minha avó ontem.. nós duas ficamos muito felizes!

E pra relembrar irei repostar um bolinho super tradicional da minha avó: Bolo de Fubá! Ótimo pro chá da tarde de domingo.. pro Dia das Mães! snif.. estou longe da minha!

Ultimamente tenho lido sobre pessoas que querem reproduzir as receitinhas tão gostosas das avós, mas raramente conseguem preparar os quitutes como elas.. Até receitas mamão com açúcar não ficam iguais, parece que tem alguma coisa faltando e ai você pensa: “Mas eu fiz tudo tão direitinho! Eu segui todos os passos porque não consigo fazer igual ao dela?


Feche os olhos e pense em um segundinho no que significa “avó” pra você. Pelo menos pra mim vem um sentimento enorme de carinho, aconchego, casa com cheirinho de comida saída do forno, mimos. Todo aquele sentimento quente, que preenche o peito, que te protege!
Eu não tenho exemplo de avó que é aquela pessoa velhinha, de cabelinhos brancos, que anda encurvadinha.
.
Minha avó é uma super avó, até hoje ela pega sua bengalinha e vai bater perna na Antônio Agú. Todos os vendedores a conhecem, ela paga cachorro quente pros pedintes, faz compras no supermercado, paga as contas, ajuda os filhos e netos, faz aquela comida de avó. Sem contar nos quadros, hein Fifa?

Minha outra avó está no andar de cima! Ela sabe a falta que ela faz! Era tão teimosa, mas tão teimosa que até irritava. Mas a Dona Doida, era a Dona Doida... doida que só, mas única que só! Era a Dona Loide, Lourdes, Loida e Doida!

E assim como em muitas outras famílias, tem aquela receitinha marca registrada da avó. A minha, entre outras receitas, é a do Bolo de Fubá. Com ele vem toda a lembrança de férias no interior, vem toda uma história de família e todo o carinho da minha avó. Juro, já tentei fazer várias vezes e te digo: Não, não fica igual ao da minha avó! E acredito que nunca vai ficar! Mas quando bate aquela saudades, aquela necessidade de aconchego vale a pena fazer! E toda vez eu digo: mas o que minha avó faz... é muito melhor!

Bolo de Fubá da Vó Yone

3 ovos
2 xíc. de fubá
1 xíc. de farinha de trigo
2 xíc. de açúcar
1 colher (sopa) de fermento
1 xíc menos um dedo de óleo
Leite para dar liga (“Filha, coloca até dar o ponto!” Mas quanto, Vó? Tem que ficar nem tão mole, nem tão duro. No ponto, tá? Tá, pode deixar, vou tentar fazer igualzinho ao seu!)
Opcional: 1 sachê de chá de erva doce. (eu coloco pq o da minha avó tem!)

Modo de fazer
Bater bem os ovos com o açúcar no liquidificador. Depois coloque o restante dos ingredientes. Por último o fermento. Untar a forma (ela usa aquela com o furo no meio) e colocar no forno pré-aquecido em 200 graus. Desenformar depois de frio. Fácil, ne? Não, não é!

Post destinado às minhas avós e a Vôva do ano, minha mãe! Mã, plis, começa a treinar algum bolinho vai, a gelatina tem como fazer igual a sua!

25 comentários:

Guacira disse...

o BOLO Da Vó Yone realmente é muito gostoso, aliás, é delicioso!
A vó tem 10 netos, e a Gla está se aprimorando nessa receita, cada dia fica melhor. Ela faz c/ tanto carinho que todos em casa se deliciam.Será a substituta da vó nessa e em outras receitas que ela faz tbm ! Aguardem !

Glau disse...

Ai mãe! Que linda! Adorei seu recadinho.
Bjo

Rose disse...

Vim conhecer teu lindo blog e de cara vc nos presenteia com essa delícia de bolo. Minhas avós não estão mais vivas, só em meu coração. Uma não gostava de cozinhar só de viajar...rss...a outra era uma mestra na cozinha, fazia delícias para os filhos e netos.
Bjs e um belo fim de semana.

Giselle disse...

Gla
Adorei esta história, realmente você descreveu muito bem a Fifa e a Dona Doida. Fiquei com saudades e não preciso nem falar que chorei!
Lembrei também dos rocamboles de carne e dos charutinhos de repolho da vó Loide e do molho de tomate da vó Yone.
O seu bolo de fubá é bom, mas o da vó Yone não tem igual. Será que ela vai trazer um bolo pra gente amanhã ?! Fiquei com água na boca.
Bjos
Gi

cendyleal disse...

Amiga, eu fiz o Bolo de Fubá da Vó Yone, e deu certinho, mesmo com o leite "até dar o ponto" meu marido tirou fotos lindas dele e gostaria de enviar uma delas para vc,adorei o bolo vale a pena fazer, rápido, delicioso de verdade! ficou ooootimo! abç. Obrigada

Glau disse...

Cendy, que máximo! me mande as fotos sim... se vcs não se incomodarem postarei aqui no blog!

mande para glaumacedo@gmail.com

Este bolo da Vó Yone é um sucesso mesmo! Minha avó vai ficar contente em saber!

Bjos, Glau

Guacira-Mãe da Gla disse...

Oi Gla !

Essa Guacira que vc adorou o recadinho, não fui eu !!! Deve ter sido alguem muito especial e que te ama mto tbm ! E Ela sabe que a vó tem 10 netos !! Quem será essa fofura?????
Vc me emocionou mto, e como a Gi, não aguentei! Sou a vôva do ano?? Antes de ser vôva, sou a mãe mais feliz, pq tenho tres preciosidades, e vc é uma delas !
Bjos da sua mãe !!!

guacira disse...

Oi Gla !!!!

Agora que vi,,,,,,,,nossa é do ano passado !!! (hahahaha))

Esta Guacira sou eu mesma !!!!Tá vendo????Continuo a mesma !!!

angela disse...

que lindo! adorei seu texto, tem coisas que por mais que se tente nunca fica igual o da nona, o da vó, mas que vale tentar vale muito.
beijos.

Letrícia disse...

Ah, Glau, comida de vó é realmente especial. Não há feijão, salada de pepino ou bife à milanesa no mundo melhor do que o da minha avó paterna. Da minha avó materna, não me lembro tanto da comida, mas do abraço e das mãozinhas sempre frias. Muita saudade dela.

Beijos! Aproveite bem a viagem!

Ísis disse...

Glau você é uma fofura! Adoro entrar aqui no blog, pois é sempre com carinho enorme que você nos recebe. Minhas duas vozinhas já estão no andar de cima, mas também deixam na lembrança o cheirinho e o gostinho de suas maluquices e gostosuras!
Vou tentar fazer o bolinho!

Beijos, e feliz dia das mães a todas elas!

Carolina disse...

Tenho certeza que o dia que você se tornar avó, suas netas também vão dizer que o seu bolo é muito melhor que o delas, é o ciclo da vida, né ?
Tô louca pra fazer esse bolo de fubá (assim que os enjôos da gravidez passarem ...) !

bjo grande

Gabriela Leite Maggiorini disse...

Glau, minha vó fazia tudo de qualquer jeito. E até hoje eu me lembro de tudo que fazia para ajudar na cozinha, quebrar castanhas para o macarrão de Natal(Não podia ficar em pedaços) e o bolinho de bacalhau (todos do mesmo tamanho, senão ela amassava tudo. E é tão bom lembrar destas coisas, e até hoje eu tento fazer algo igual ao que ela fazia, e ás vezes até que rola..... Beijos. Gabis.

Mariana disse...

Glau
Minha avó não era mto boleira, então ela nos dava uma colher cheia de açúcar como sobremesa, acredita??
E até hoje tenho saudades da garganta ardendo de tanto açúcar que só a minha vó sabia fazer..hehehe
Bjo

Sarinha disse...

Algumas pessoas são mesmo insubstituíveis!!! Como é bom sentir saudade....Vó é vó...é a mãe que estraga como dizem né!?! Só nos fazem mimos!
Vc havia dito que não ficou bom o bolo...pode não ter ficado bom como o da vó, mas tá lindo! Vc sempre mto caprichosa!
Viu que fui mencionada no Blog da Rita tb!??!?Tô quaaaaaaaase uma madame!kkkkkkkkkkk

Bjosssssssssssss

Giselle disse...

Oi Gla,

Tem um "jogo dos 7 erros" nestes comentários. Vamos ber se você descobre.
hahahahahahaha, tô rindo até agora !
Bjo

Glau disse...

Gi, li e reli e não me liguei.. qual é? aposto que é em algum recado da "minha" mãe. bjos

Giselle disse...

Autora da pegadinha vc já acertou, só podia ser ela .... desligada como nunca !
Então tá, vou te dar uma dica leia o primeiro comentário dela do dia 09 de maio.
Quando eu percebi, tive uma crise de risos .....que até o Gabibi veio me perguntar o que tinha acontecido.
Bjos

Eliana Scaramal disse...

Glau - Arrasou com esse bolo!! Fiquei babando no teclado. rs


www.saboresdalica.blogspot.com

Claudia disse...

Glauzinha,

A receita do bolo de fubá da tua avó é igual ao da minha mãe que é um receita da mãe dela (minha avó), a única diferença é que minha mãe tem uma quantidade de leite definida e não ccoloca erva-doce. Ela detestava e hoje eu detesto bolo com erva-doce. Enfim, mil coisas.

Meu pai está no hospital, teve um enfarte e eu aqui quase tendo outro a espera de notícias.

Bj,

C.

Junelise disse...

Olá Glau,
Que delícia essa sua memória de vó. Vó dá muita saudade... e vontade de ir pra cozinha relembrar, mas receita é assim, nunca fica igual a outra, né?
beijinhos, June
Aparece lá no blog:
memoriaculinária.blogspot.com

Ricardo disse...

o bolo esta bem lindo mesmo adorei. :) xx http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/

Denise Rolemberg disse...

Olha Glau entrei hoje no seu blog e andei fuçando um monte de post, mas este foi especial!
Receita de Bolo de Fubá é o da minha mãe, e ela faleceu tem dois anos... então me tocou muito... a sua saudade da Vó... e eu da minha mãezinha.
Eu postei no meu blog em 2007 a primeira vez que fiz a receita depois do seu falecimento - rs parece funebre, né? Mas não é - é só amor...
Enfim, fiz o bolo e comi às lagrimas com meu filhote!!!!
Você ganhou mais uma leitora...

Beijos de Luz e visite meu blog...

Denise Rolemberg disse...

Oi nova amiga!
Estamos mesmo uma conhecendo a outra rs...
Na verdade estava colocando o seu blog na listagem do meu blog ...
Seja bem vinda!

Beijos

gabriela disse...

hum q bom?